Publicidade

13 de Dezembro de 2013 - 01:30

Por Marcelo Ribeiro Silva, com informações da Dow Jones Newswires e da Market News International - Agencia Estado

Compartilhar
 

A Câmara dos Estados Unidos aprovou nesta quinta-feira o acordo do orçamento federal para evitar uma paralisação do governo e trazer uma dose rara de estabilidade à questão fiscal ao longo dos próximos dois anos. O acordo foi elaborado pelo presidente da comissão do Orçamento da Câmara, Paul Ryan, e pela presidente da comissão do Orçamento do Senado, Patty Murray.

Na votação, 332 deputados foram favoráveis ao acordo e 94 foram contrários. O projeto atraiu uma forte maioria bipartidária : 169 republicanos e 163 democratas votaram a favor da medida. Agora, o documento será enviado ao Senado, que deve votar na próxima semana.

O líder da maioria no Senado, Harry Reid, indicou nesta quinta-feira que espera que o Senado aprove o pacote na próxima semana.

O presidente da Câmara, John Boehner, veio ao plenário para elogiar o acordo de Ryan e Murray. Ele disse que o acordo é consistente com as metas fiscais dos republicanos e que dá sequência aos esforços para reduzir o déficit sem estabelecer o aumento dos impostos.

Em declarações no plenário da Câmara, Ryan afirmou que o acordo que ele ajudou a escrever é um compromisso em que ambos os lados tiveram de fazer concessões.

O acordo de Ryan e Murray estabelece um nível de despesa de aproximadamente US$ 1 trilhão para o ano fiscal 2014. A partir do acordo, serão restaurados aproximadamente US$ 63 bilhões dos cortes automáticos nos gastos públicos até 2015.

Além disso, o acordo pretende reduzir o déficit público em entre US$ 20 bilhões e US$ 23 bilhões e estabelecer um compromisso de financiar a Administração federal além de 15 de janeiro.

A Câmara entra em recesso nesta sexta-feira. Além de votar no acordo orçamentário, o Senado também deve votar na próxima semana a nomeação de Janet Yellen para a presidência do Federal reserve (Fed, o banco central dos EUA).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?