Publicidade

11 de Março de 2014 - 23:22

Por Almir Leite - Agencia Estado

Compartilhar
 

A CBF está preparando várias homenagem ao líder sul-africano Nelson Mandela na partida desta quarta-feira da seleção brasileira contra a equipe da casa, a ser disputada no Estádio Soccer City, em Johannesburgo. Uma placa destacando a importância mundial de Mandela será entregue ao presidente do país, Jacob Zuma, e os jogadores também poderão entrar em campo com uma faixa homenageando o líder morto em 5 de dezembro, aos 95 anos.

O amistoso, aliás, faz parte das comemorações pelos 20 anos do fim do apartheid, o regime de segregação racial que, entre outras consequências, manteve Mandela na prisão por 27 anos. Ele será lembrado em imagens nos telões do Soccer City e a África do Sul, agora patrocinados pela Nike, a mesma fornecedora de material esportivo da seleção brasileira, usarão camisa especial homenageando o grande líder do país.

Quando o jogo foi marcado, no final do ano passado, o presidente da CBF, José Maria Marin, disse que seria uma belíssima homenagem a Mandela. Mas ele desistiu da viagem a Johannesburgo e não estará presente.

O presidente da Federação Sul-Africana de Futebol, Danny Jordaan, disse que o amistoso também servirá como uma espécie de "entrega das chaves" do país que organizou a última Copa ao que realizará a próxima. Os mascote das duas competições, Zakumi (2010) e Fuleco (2014) se apresentarão no gramado e irão interagir antes do início da partida.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você leva em consideração a escolaridade do candidato na hora de votar?