Publicidade

15 de Janeiro de 2014 - 11:10

Por Daniela Amorim - Agencia Estado

Compartilhar
 

As famílias brasileiras ficaram mais dispostas em ir às compras na passagem de dezembro para janeiro. No entanto, o apetite para o consumo ainda está menor do que no mesmo período do ano passado, apontou a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) registrou alta de 1,1% em janeiro ante dezembro, para 131,0 pontos. Em relação a janeiro de 2013, houve recuo de 3,0%. Segundo a CNC, o alto nível de endividamento, o encarecimento do crédito e a persistência das pressões inflacionárias foram razões que mantiveram a intenção de consumo em um nível inferior ao ano passado. Por outro lado, a manutenção dos ganhos salariais reais e da taxa de desemprego baixa mantém o índice num patamar ainda favorável, acima da zona de indiferença (100,0 pontos).

Na comparação com o mês anterior, todos os componentes da pesquisa tiveram melhora em janeiro, menos o subindicador Momento para Duráveis (-6,5%). Na comparação com janeiro do ano passado, a queda na intenção de consumo foi causada por uma deterioração em quase todos os subindicadores, com exceção da avaliação sobre a Renda Atual (+0,4%) e a Perspectiva de Consumo (+4,4%).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?