Publicidade

13 de Janeiro de 2014 - 16:22

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Representantes do governo colombiano e do grupo guerrilheiro Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) retomaram hoje as negociações de paz em Havana depois de três semanas de recesso.

Ao longo do ano passado, governo e guerrilha chegaram a acordos sobre dois dos seis pontos levados para o diálogo: a reforma agrária e a participação política dos guerrilheiros na Colômbia pós-conflito.

O item atualmente em debate é a questão do narcotráfico, que já vinha sendo discutida antes do recesso de fim de ano.

Em Havana, o líder das Farc, Iván Márquez, pediu aos colombianos que não votem em candidatos contrários ao processo de paz nas eleições legislativas, marcadas para março, e nas presidenciais, previstas para maior.

"Nenhum candidato da direita, e muito menos de extrema direita, é uma opção no que diz respeito à busca pela paz", declarou. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?