Publicidade

11 de Março de 2014 - 02:42

Por Felipe Rosa Mendes - Agencia Estado

Compartilhar
 

Era a estreia de Leandro Damião na Vila Belmiro, mas quem brilhou mesmo na noite desta terça-feira foi o jovem Geuvânio. O atacante de 21 anos marcou os dois gols da partida, ainda no primeiro tempo, e garantiu a vitória do Santos sobre o modesto Comercial por 2 a 0, pela 7ª rodada do Campeonato Paulista.

O triunfo aumentou a vantagem do time santista no Grupo C. Com 19 pontos, tem seis de vantagem sobre o São Bernardo, terceiro colocado, que venceu o Atlético Sorocaba, também nesta terça. A vitória na Vila também levou o Santos a igualar a pontuação do Palmeiras, que era o melhor time da competição até então. O Comercial, por sua vez, tem apenas quatro pontos e é um dos quatro piores times do campeonato.

Diante de um dos times mais fracos do campeonato, o Santos não teve problemas para se impor em campo no primeiro tempo. Controlava a bola no meio-campo e ensaiava rápidas investidas no ataque, enquanto a torcida estava na expectativa por Leandro Damião, estreando na Vila Belmiro.

O principal reforço da temporada ainda estava sem ritmo de jogo, o que atrasava o ataque santista, liderado nos primeiros momentos pela juventude de Geuvânio. Em sua primeira tentativa, Damião mandou de cabeça por cima do travessão, após cobrança de escanteio, aos 8 minutos.

Enquanto o atacante se aclimatava na Vila, Geuvânio puxava o time no ataque. Aos 12, ele recebeu pela direita, invadiu a área, cortou o marcador e bateu por baixo do goleiro Marcelo Henrique. Um belo gol.

Exibindo grande forma, Geuvânio voltou à carga aos 39, desta vez com a ajuda de Damião. O ex-atacante do Inter investiu pelo meio e só rolou dentro da área para conclusão rasteira do jovem atacante.

Com a boa vantagem no placar, o Santos começou o segundo tempo de forma lenta. Sem iniciativa, recuou e cedeu espaço ao Comercial, que chegou a dar sustos da defesa anfitriã.

Logo no primeiro minuto, Marcone bateu falta com perigo e deu trabalho para o goleiro Aranha. A resposta do Santos só veio aos 15 quando Thiago Ribeiro, apagado em campo, iniciou jogada com Cícero que culminou em toque de Cicinho rente à trave.

O panorama do jogo, contudo, voltou a ficar mais favorável ao Santos aos 22. Willian Simões levou o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. O time da casa, então, retomou o controle da partida, mas sem oferecer maiores ameaças ao gol dos visitantes. Nem mesmo a entrada de Gabriel, um dos artilheiros do Paulistão, aumentou o poder de fogo do Santos nos minutos finais da partida.

O time de Oswaldo de Oliveira volta a campo no fim de semana para enfrentar o Penapolense, domingo, fora de casa. O Comercial enfrentará o São Bernardo no sábado, diante de sua torcida.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 2 X 0 COMERCIAL

SANTOS - Aranha; Cicinho, Neto, Gustavo Henrique e Mena; Alan Santos (Gabriel), Arouca (Leandrinho), Geuvânio (Rildo), Cícero e Thiago Ribeiro; Leandro Damião. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

COMERCIAL - Marcelo Henrique; Marcos Pimentel, Edimar, Reniê e Willian Simões; Xaves, Marcus Winícius, Marcone e Cacá (Patrick); Rodrigo Jesus (Leandro Oliveira) e Cassiano Bodini (Edson Santos). Técnico: Vágner Benazzi.

GOLS - Geuvânio, aos 12 e aos 39 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Leandro Damião e Gustavo Henrique.

CARTÃO VERMELHO - Willian Simões.

ÁRBITRO - Márcio Henrique Góis.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está fazendo pesquisa de preços para controlar o orçamento?