Publicidade

25 de Dezembro de 2013 - 18:10

Por Vítor Marques - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Corinthians definiu um cronograma para a conclusão das obras do novo centro de treinamento das categorias de base, que está sendo construído ao lado do complexo onde já treinam os profissionais, no Parque Ecológico do Tietê, na zona leste de São Paulo. Até meados do mês de abril, os três campos de treinamento devem estar prontos. Daqui a um ano, em dezembro de 2014, o novo CT estará cerca de 65% concluído. E a obra toda só deve terminar em 2015.

O custo total do CT da base chegará a R$ 36 milhões. O complexo deve ocupar 59 mil metros quadrados, dos quais 9 mil são de área construída, além de englobar três campos oficiais, um estádio com capacidade para receber até 2 mil pessoas, um alojamento para 150 jogadores, além de restaurante e setores administrativos.

O projeto foi aprovado pela Lei de Incentivo ao Esporte, do Ministério do Esporte. Em uma primeira fase, o Corinthians já pode captar R$ 12 milhões no mercado. Pela lei, empresas podem destinar 1% de sua declaração de imposto de renda em projetos cadastrados neste programa. Já pessoas físicas podem destinar 6% do imposto.

Hoje as categorias de base do Corinthians treinam em Guarulhos em uma parceira com o time da cidade, o Flamengo. Tem sido assim desde que iniciaram as obras do estádio do Itaquerão, local onde antes treinavam os jogadores das categorias de base.

Os dirigentes do clube acreditam que o local vai fazer com o que o time revele mais jogadores. Uma das vantagens é que haverá uma maior integração com o elenco profissional, que é considerada um problema no Corinthians. Prova disso é que do time que ganhou uma sequência de títulos com o técnico Tite entre 2011 e 2013 nenhum jogador formado no clube teve papel importante. Esse quadro de falta de protagonismo também deverá se repetir com o novo técnico, Mano Menezes, que assume o cargo em janeiro.

O clube acabou de contratar o lateral-esquerdo Uendel, da Ponte Preta, para ser reserva de Fábio Santos, diminuindo assim as chances do garoto Igor, de 21 anos, único atleta da base que tinha chance de entrar no time.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?