Publicidade

15 de Dezembro de 2013 - 15:57

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Liverpool não tomou conhecimento do Tottenham neste domingo, pela 16.ª rodada do Campeonato Inglês. Mesmo atuando fora de casa, o time de Brendan Rodgers não teve dificuldade para golear por 5 a 0, com mais uma grande atuação de Luís Suárez e ótima participação de Philippe Coutinho. Pelo lado dos donos da casa, que viram a pressão sobre o técnico André Villas-Boas aumentar, o brasileiro Paulinho foi expulso quando o placar estava 2 a 0, por solada no peito de Suárez.

O resultado recolocou o Liverpool na vice-liderança da tabela, com 33 pontos, dois atrás do Arsenal. Sábado que vem, a equipe volta a campo para pegar o Cardiff, em casa. Já o Tottenham estacionou nos 27 pontos e é apenas o sétimo, cada vez mais longe da briga pelas primeiras posições. Domingo, volta a campo para pegar o Southampton fora de casa.

Mesmo com os milhões de dólares gastos em reforços como Paulinho, Soldado, Lamela e outros, o Tottenham segue sem engrenar. Melhor para o Liverpool, que poderia ter vencido até por mais se tivesse sido mais competente nas finalizações. A equipe conseguiu abrir o placar aos 17 minutos, quando Luís Suárez aproveitou sobra na entrada da área, driblou Walker e tocou na saída de Lloris.

O gol pareceu ter desanimado o Tottenham e, deste momento em diante, o Liverpool foi dono do jogo. O próprio Suárez, que parou em Lloris, e Philippe Coutinho, no travessão, perderam boas chances antes que Henderson fizesse o segundo. Depois de belas defesas de Lloris em chutes de Suárez e Coutinho, o meia bateu para marcar.

O Tottenham voltou para o segundo tempo indo para cima e chegou a criar bons momentos com Soldado, mas o Liverpool respondeu com Sakho, que acertou a trave. A tarefa dos visitantes ficou ainda mais fácil com a expulsão de Paulinho, aos 17 minutos. O volante acertou Suárez e foi expulso mesmo sem ter amarelo.

Com isso, o Liverpool transformou a vitória em goleada. Aos 29 minutos, Suárez tabelou com Coutinho e cruzou para Flanagan marcar belo gol. Aos 38, o próprio Suárez recebeu de Luis Alberto, viu Lloris adiantado e tocou por cobertura para fazer um golaço. O uruguaio estava impossível e ainda daria uma linda assistência para Sterling fechar o placar, aos 43.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?