Publicidade

20 de Dezembro de 2013 - 16:19

Por Anne Warth - Agencia Estado

Compartilhar
 

O comércio foi o responsável pela criação do maior número de vagas formais de trabalho em novembro, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado nesta sexta-feira, 20, pelo Ministério do Trabalho e Emprego. No mês passado, o setor empregou 103.258 pessoas a mais com carteira assinada do que demitiu no período. O saldo foi inferior ao registrado em novembro de 2012, de 121.954 postos.

O setor de serviços, por sua vez, teve um saldo líquido de 44.825 vagas, inferior também à geração de 50.727 vagas vista em igual mês de 2012. O setor de Serviços Industriais de Utilidade Pública teve um saldo líquido positivo de 158 empregos, ante um saldo negativo de 1.643 em novembro do ano passado. Os demais setores acompanhados pelo Caged registraram saldo líquido negativo de geração de empregos em novembro.

A indústria de transformação demitiu 34.266 mais pessoas do que contratou em novembro. Em igual mês do ano passado, o saldo foi negativo em 22.690. A agricultura foi responsável por um saldo líquido negativo de 33.183 vagas, mais que o verificado em novembro de 2012 (-32.599). A construção civil, por sua vez, teve saldo líquido negativo de 31.770, inferior ao registrado no ano passado, cujo saldo líquido negativo de 36.628.

A administração pública teve saldo líquido negativo de 656 vagas, menos que em novembro de 2012 (-2.763). A indústria extrativa mineral registrou saldo líquido negativo de 880 vagas, mais que novembro de 2012 (-201).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?