Publicidade

03 de Janeiro de 2014 - 10:48

Por Daniela Amorim - Agencia Estado

Compartilhar
 

Os comerciantes terminaram o ano de 2013 menos otimistas. O Índice de Confiança dos Empresários do Comércio (Icec) registrou queda de 2,7% em dezembro em relação a igual mês de 2012, informou a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), nesta sexta-feira, 3. O recuo de dezembro passado foi o quinto resultado negativo consecutivo.

A retração no indicador de confiança foi puxada por uma nova deterioração na percepção dos empresários sobre as condições atuais, que teve queda de 7,4% em relação a dezembro de 2012. O destaque foi o tombo de 10,5% na avaliação sobre a economia em geral, na mesma base de comparação. No entanto, a forte desaceleração das vendas do setor ao longo de 2013 afetou também a percepção sobre as condições atuais, com piora de 4,4% em dezembro ante dezembro de 2012, apontou a CNC. O subindicador que avalia as condições atuais da empresa registrou também queda de 7,4%, ainda em base anual.

Também na mesma comparação houve piora de 1,1% nas expectativas do empresário do comércio, além de redução de 0,7% na propensão a investimentos. Em relação a novembro, o Icec registrou melhora de 0,6%, atingindo 125,5 pontos. A avaliação sobre as condições atuais aumentou 6,1%, mas as expectativas recuaram 2,0%, enquanto a perspectiva de investimentos teve ligeira queda, de 0,1%.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?