Publicidade

27 de Dezembro de 2013 - 09:07

Por Wellington Bahnemann - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Índice de Confiança do Comércio (Icom), divulgado nesta sexta-feira, 27, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), caiu 3% no trimestre até dezembro, na comparação com igual período de 2012. Apesar do resultado ainda ruim, a queda desacelerou bastante, já que no trimestre encerrado em novembro a redução na confiança havia sido de 5,2%.

"O resultado foi influenciado pelo desempenho pontual em dezembro, indicando uma aceleração do nível de atividade do setor durante o período natalino acima do normal para a época do ano", informou a FGV em nota oficial. No trimestre até dezembro, o Icom ficou em 126,4 pontos, contra 130,3 pontos registrados em igual período do ano passado.

No varejo restrito, a taxa passou de queda de 5% no trimestre terminado em novembro para recuo de 1,8% nos três meses até dezembro (sempre na comparação com igual período do ano anterior). Já no varejo ampliado (que inclui veículos, motos e peças e material para construção), as taxas passaram de queda de 4,4% no trimestre até novembro para um recuo de 1,9% nos três meses até dezembro.

O Índice da Situação Atual (ISA-COM) do trimestre findo em dezembro teve queda de 6,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. Em novembro, a variação havia sido de -9,8% na mesma comparação. Na média do trimestre terminado em dezembro, 23% das empresas consultadas avaliaram o nível atual de demanda como forte, e 17,8% como fraca. Já o Índice de Expectativa (IE-COM) caiu 0,3% no trimestre até dezembro, uma melhora ante a queda de 2,2% nos três meses até novembro.

A FGV destacou que "o resultado favorável de dezembro fez com que os indicadores

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?