Publicidade

27 de Dezembro de 2013 - 08:37

Por Wellington Bahnemann - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) subiu 2,6% na passagem de novembro para dezembro, na série com ajuste sazonal, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta sexta-feira, 27. O indicador saiu de 115,9 pontos para 118,9 pontos no período. Foi o primeiro mês de alta após três meses consecutivos de queda. Apesar do resultado, o ICS se mantém abaixo da média histórica, que é de 124,1 pontos.

Em nota, a FGV informou que a retomada o ICS em dezembro, após três meses de queda, mostra que confiança está "apoiada, sobretudo, pelas expectativas mais otimistas para os próximos meses e por uma ligeira melhora da satisfação com o momento presente".

A performance do ISA-S entre novembro e dezembro foi impactada pelo ligeiro avanço de 0,1% do indicador de Volume de demanda atual. Segundo a FGV, a proporção de empresas que avaliam a atual demanda como boa caiu de 23,6% para 22,0%, enquanto a parcela que a consideram ruim caiu/cresceu de 16,3% para 13,5%, a menor marca desde junho de 2012. Ao mesmo tempo, o indicador sobre a situação atual dos negócios registrou alta de 1,1%.

Já o avanço no IE-S na passagem de novembro para dezembro foi influenciado por uma melhora tanto no indicador de Tendência dos negócios (3,8%) quanto no da Demanda prevista (4,3%). A fatia de companhias que esperam melhora na tendência dos negócios cresceu de 38,2% para 43,6%, enquanto a proporção de empresas prevendo aumento da demanda no futuro próximo recuou/aumentou de 40,3% para 44,5%.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?