Publicidade

27 de Dezembro de 2013 - 14:13

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O principal conselheiro do aiatolá Ali Khamenei para política externa, Ali Akbar Velayati, defendeu que o Irã aproveite as negociações multilaterais sobre o futuro de seu programa nuclear e ingresse em negociações diretas com os Estados Unidos.

A recomendação de Velayati sinaliza o endosso da cúpula clerical iraniana às ações do presidente Hassan Rohani, criticado pelos setores mais conservadores da política local pelo acordo alcançado em novembro e por outros contatos com os EUA.

Citado pelo agência de notícias Mehr, Velayati sugeriu que o Irã negocie separadamente com cada uma das potências com as quais negociou o acordo alcançado no mês passado, inclusive com os EUA. O grupo de potências é formado por Alemanha, China, França, Reino Unido e Rússia, além dos EUA.

"Não estaremos no caminho certo se não conversarmos diretamente com cada um dos seis países", declarou ele, citado hoje pela Mehr.

Uma nova rodada de discussões técnicas sobre a implementação do acordo alcançado em novembro está marcada para a segunda-feira, segundo Abbas Araghchi, um dos negociadores iranianos. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?