Publicidade

01 de Janeiro de 2014 - 09:18

Por Fábio Hecico - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Corinthians já está conformado em ter de continuar com Emerson na próxima temporada. Depois de tentar emprestá-lo para alguns times, entre eles o Flamengo, a diretoria corintiana vê o alto salário do atacante dificultar a saída. E, caso queira dispensá-lo, terá de arcar com uma multa de R$ 10 milhões para o jogador.

O atacante fez um péssimo segundo semestre em 2013 e entrou em rota de colisão com os torcedores corintianos, que reclamaram da falta de gols (foram só dois no Campeonato Brasileiro), da queda de rendimento e das polêmicas fora de campo.

Diante desse cenário, a saída era considerada certa, mas a ampliação do contrato, fechada no meio do ano, acabou virando um enorme empecilho para o clube. Na ocasião, Emerson ampliou seu vínculo com o Corinthians até junho de 2015, com salário na faixa de R$ 400 mil, incluindo direitos de imagem.

Agora, em caso de rescisão contratual, como chegou a ser cogitado em uma reunião da cúpula do futebol do clube, o Corinthians teria de desembolsar o valor total do contrato (R$ 10 milhões), algo sem chance de acontecer, pela atual situação financeira corintiana. Assim, a tendência é que Emerson continue no elenco para 2014, agora sob o comando do técnico Mano Menezes.

Mas, mesmo depois das participações decisivas na conquista do título da Libertadores de 2012, Emerson perdeu grande parte do seu crédito com a torcida. Assim, terá que mostrar serviço agora em 2014 para reconquistar a confiança dos corintianos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?