Publicidade

06 de Janeiro de 2014 - 19:30

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Cristiano Ronaldo colocou ponto final na polêmica sobre sua participação na entrega do prêmio Bola de Ouro da Fifa confirmando que está no evento, que vai acontecer na próxima segunda-feira, em Zurique, na Suíça, onde a entidade máxima do futebol tem a sua sede. O português é o favorito para ficar com o prêmio pelo seu desempenho durante todo o ano de 2013, pelo Real Madrid e pela seleção de Portugal.

"É um assunto encerrado. Não quero falar mais disso. Só posso dizer que vou à cerimônia de gala", garantiu Ronaldo, na zona mista do Estádio Santiago Bernabéu, depois de iniciar a temporada 2014 marcando dois gols na vitória do Real Madrid sobre o Celta, por 3 a 0, pelo Campeonato Espanhol.

Cristiano Ronaldo ficou irritado quando Joseph Blatter disse, numa palestra a estudantes, que gosta mais de Messi do que do português, a quem chamou de "comandante em campo". "Um gasta mais em seu cabeleireiro do que o outro", ainda brincou o presidente da Fifa.

Isso fez com que a imprensa de Portugal e da Espanha afirmassem que Ronaldo havia decidido não ir à entrega da Bola de Ouro, prêmio pelo qual concorre com o francês Ribery e o argentino Messi.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?