Publicidade

11 de Dezembro de 2013 - 10:58

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Em longa entrevista publicada no site da Fifa nesta quarta-feira, o técnico Cuca comentou sobre as possibilidades do Atlético Mineiro no Mundial de Clubes, que começa nesta tarde com o jogo entre o Raja Casablanca, dono da casa, e o Auckland City, da Nova Zelândia.

O treinador apontou que tem uma equipe "bem montada", mas fez questão de dizer que o Bayern de Munique de Pep Guardiola é mais forte que o Chelsea que disputou a competição no ano passado. E que, por isso, o Atlético Mineiro não entra no Mundial com as mesmas condições que levar o Corinthians ao título em 12.

"Muito se fala: 'Ah, mas o Corinthians ganhou do Chelsea no ano passado'. Ganhou, é verdade. Pegou o Chelsea num momento de transição, tanto de jogadores quanto principalmente de comando técnico. Então, é diferente: você vai pegar um Bayern com sequência, ainda que o treinador não esteja há tanto tempo, mas os jogadores todos jogam juntos há muito tempo e hoje vivem seu melhor momento", comentou Cuca.

Para o treinador do Atlético Mineiro, a chave da vitória está em conhecer bem o jogo do rival. "O que sinto neles é que têm uma maneira sistemática de jogar. E, se a gente trabalhar bem em cima disso, pode ter alguma vantagenzinha", afirmou Cuca, que ainda citou que seu time, se quiser ser campeão precisa "estar num dia mágico, perfeito, tudo dar certo para nós e ainda contar que as coisas não deem certo 100% para o Bayern".

Ele lembrou, porém, que o Atlético antes precisa passar pela semifinal, contra o Monterrey ou o vencedor de Raja x Auckland. "A gente quer ter uma ideia de que o Monterrey seja, no mínimo, do mesmo nível daquele Tijuana (que deu trabalho nas quartas da Libertadores). Então, a gente precisa ter muito cuidado. A gente fala muito, está muito feliz com tudo, mas tem que ter o olho muito aberto para depois não passar vergonha.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?