Publicidade

05 de Dezembro de 2013 - 10:37

Por AE-AP - Agencia Estado

Compartilhar
 

Uma das maiores lendas da história do boxe, Oscar de la Hoya foi oficialmente indicado para entrar no Hall da Fama da modalidade. O ex-pugilista norte-americano, que também tem nacionalidade mexicana, ganhou uma medalha de ouro olímpica nos Jogos de Barcelona/1992, se tornou campeão em seis categorias de peso e acumulou dez títulos mundiais.

Agora oficialmente consagrado para entrar neste seleto grupo, ele festejou a sua indicação para a honraria. "Estou honrado e agradecido por ser escolhido, e agradeço a todos que fizeram parte desta jornada comigo", disse De La Hoya, por meio de uma comunicado publicado pelo site oficial do Hall da Fama do boxe. "Este é um sonho para todos que colocam um par de luvas e pisam entre as cordas", completou.

A entrada de De La Hoya na classe de 2014 do Hall da Fama foi anunciada oficialmente na noite da última quarta-feira, quando dois ex-boxeadores, contemporâneos do ex-pugilista, também ganharam esta honraria. São eles: Felix 'Tito' Trinidad, de Porto Rico, e Joe Calzaghe, de País de Gales.

Desta forma, os três ex-boxeadores serão oficialmente introduzidos no Hall da Fama da modalidade em cerimônia que acontecerá no dia 8 de junho de 2014, em Canastota, na Grande Nova York.

A eleição dos nomes para o Hall da Fama do boxe é feita pela Associação de Escritores do Boxe e por um painel internacional de historiadores da modalidade. Escolhido para integrar este seleto grupo, De La Hoya tem um cartel de 45 lutas como profissional, nas quais acumulou 39 vitórias, sendo 30 delas por nocaute. Já como pugilista amador, ele teve o incrível desempenho de 223 vitórias e apenas cinco derrotas, sendo que 153 destes triunfos foram por nocaute.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?