Publicidade

09 de Dezembro de 2013 - 03:01

Por - Agencia Estado

Compartilhar
 

Tóquio, 09/12/2013 - A expansão da zona de defesa aérea da Coreia do Sul, anunciada pelo governo neste domingo, não é considerada problemática pelo chefe de gabinete e porta-voz do governo do Japão, Yoshihide Suga.

De acordo com declarações de Suga em entrevista coletiva, ele não considera que a nova zona de defesa aérea sul-coreana represente um problema imediato para o Japão.

O porta-voz do governo japonês ainda disse que o Japão foi notificado com antecedência sobre a medida e afirmou que a Coreia do Sul foi alertada sobre a necessidade de não violar a liberdade de voo sobre a região.

Além disso, Suga ressaltou que o movimento do governo sul-coreano é diferente da decisão do governo da China de expandir a sua zona de defesa aérea, medida que gerou controvérsias.

"A zona de defesa aérea da China inclui o espaço aéreo sobre as ilhas Senkaku, que é um território que pertence ao Japão", afirmou Suga. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?