Publicidade

11 de Março de 2014 - 00:46

Por Carla Araújo - Agencia Estado

Compartilhar
 

Enquanto nove capitais apresentaram elevação nos preços da cesta básica em janeiro em relação ao mês anterior, outras nove registraram queda, de acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica, divulgada nesta quinta-feira pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Brasília e Manaus foram as capitais que registraram a maior alta no preço do conjunto de itens básicos, com elevação de 5,49% e 5,04%, respectivamente. Além disso, tiveram alta em janeiro Recife (2,21%), João Pessoa (2,07%), Vitória (1,79%), Florianópolis (0,87%), Fortaleza (0,41%), Salvador (0,28%) e Belém (0,02%).

Já as quedas mais expressivas foram registradas em Campo Grande (-4,19%), Porto Alegre (-2,47%) e Curitiba (-2,41%). Também apresentaram queda no primeiro mês do ano Rio de Janeiro (-1,58%), Belo Horizonte (-1,47%), Natal (-1,25%), Aracaju (-1,19%), São Paulo (-1,15%) e Goiânia (-0,30).

Em janeiro, o maior custo da cesta foi registrado em Vitória (R$ 327,13), seguido de São Paulo (R$ 323,47), Manaus (R$ 323,22) e Florianópolis (R$ 322,12). Já os menores valores médios foram observados em Aracaju (R$ 214,19), João Pessoa (R$ 264,17) e Salvador (R$ 265,86).

No acumulado nos últimos 12 meses - de fevereiro de 2013 a janeiro deste ano -, 14 capitais registram aumento no preço da cesta básica, com destaque para Recife (9,06%), Manaus (7,12%) e Fortaleza (6,30%). No período, os locais que tiveram queda nos preços foram Aracaju (-7,60%), Goiânia (-4,90%), Salvador (-0,67%) e Brasília (-0,49%).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?