Publicidade

11 de Março de 2014 - 23:19

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Depois de muita polêmica e uma tentativa frustrada no ano passado, Diego Costa finalmente se juntou à seleção espanhola. Ele se apresentou nesta segunda-feira ao técnico Vicente del Bosque em Madri e começou a preparação, junto com os outros convocados, para disputar o amistoso de quarta contra a Itália, também na capital da Espanha.

Diego Costa é brasileiro naturalizado espanhol. E, apesar de ter sido chamado pelo técnico Luiz Felipe Scolari para defender o Brasil no ano passado, ele recusou a convocação e optou por jogar pela Espanha, causando grande polêmica. Assim, entrou na lista de Del Bosque para os amistosos de novembro, contra Guiné Equatorial e África do Sul, mas acabou cortado por contusão.

Agora, porém, Diego Costa se apresentou normalmente e começou seu trabalho na seleção espanhola. Vice-artilheiro do Campeonato Espanhol, o atacante do Atlético de Madrid já marcou 21 gols, apenas dois atrás do português Cristiano Ronaldo, do rival Real Madrid. E virou uma das esperanças da Espanha para a disputa da Copa do Mundo, entre junho e julho, no Brasil.

"Ele tem méritos suficientes para estar aqui. Pode trazer muitas coisas positivas para a seleção", afirmou o defensor Sergio Ramos, um dos principais jogadores do grupo de Del Bosque, ao comentar sobre a chegada de Diego Costa. Agora, fica a expectativa para que o atacante possa entrar em campo no amistoso de quarta-feira e, assim, fazer sua estreia com a camisa da Espanha.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está fazendo pesquisa de preços para controlar o orçamento?