Publicidade

13 de Dezembro de 2013 - 01:31

Por Ricardo Della Coletta, Débora Álvares e Daiene Cardoso - Agencia Estado

Compartilhar
 

A presidente Dilma Rousseff rebateu na noite desta quinta-feira, 12, o argumento de que o leilão do Campo de Libra, na área do pré-sal, teria sido uma forma de privatização. "Muita gente tem dito que o leilão de Libra é privatização. Isso não só é uma mentira como tenta criar uma confusão onde não tem", disse a presidente, no 5º Congresso do PT, em Brasília. "Não há semelhança com qualquer processo de privatização em qualquer parte do mundo".

Dilma também defendeu o modelo de partilha adotado para Libra. "O modelo de partilha teve grande mérito e ele traz recursos do petróleo para o governo". Ainda sobre Libra, a presidente comemorou o fato de "55% do óleo do fundo do mar ser do governo". "Se considerar a parte da Petrobras e a nossa parte, temos 85% de todo o óleo do Campo de Libra", disse.

Dilma ainda comemorou o fato de uma parcela dos recursos dos royalties ser destinado para a educação, conforme lei aprovada neste ano pelo Congresso Nacional. "Por isso vai ter muito dinheiro para gastar em educação", afirmou. "Royalties do petróleo para educação são legados do PT", pontuou a presidente.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?