Publicidade

03 de Janeiro de 2014 - 02:43

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Uma alta apropriada no valor do yuan está ajudando a direcionar a economia chinesa para longe de sua dependência sobre as exportações, escreveu Sheng Songcheng, diretor do departamento de estatísticas do Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês).

Em comentário publicado no jornal estatal Financial News, o diretor do PBoC disse que a prolongada desvalorização da moeda local foi uma das principais razões pelos desequilíbrios econômicos da China.

A declaração de Sheng ecoa as críticas de muitos parceiros comerciais da China, que acusaram Pequim de manter o yuan desvalorizado para incentivar as exportações e criar grandes superávits comerciais.

O diretor do PBoC escreveu que o fortalecimento do yuan, junto com a elevação dos custos no mercado de trabalho doméstico, forçarão as empresas chinesas a melhorar a produtividade, atualizar a tecnologia e procurar agregar valor a seus produtos.

Em 2013, o yuan avançou 2,9% ante o dólar. "Se o yuan parar de subir, nós continuaremos a ter um modelo de desenvolvimento orientado pelas exportações, com grandes fluxos de capital estrangeiro, liquidez excessiva no mercado doméstico e inflação alta", disse. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?