Publicidade

18 de Dezembro de 2013 - 10:31

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês) anunciou oficialmente nesta quarta-feira que elegeu o sérvio Novak Djokovic e a norte-americana Serena Williams como melhores jogadores de 2013. Essa é a quarta vez que a tenista dos Estados Unidos ganha esta premiação, enquanto o atual segundo colocado do ranking da ATP faturou essa honraria pela terceira temporada consecutiva.

Dominante no cenário do tênis feminino, Serena já esperava ganhar o prêmio da ITF mais uma vez, mas Rafael Nadal aparecia como grande nome para ficar com o título de "campeão do mundo de 2013" pela entidade, pois realizou uma temporada espetacular e ainda fechou o ano como tenista número 1 do mundo.

Djokovic iniciou este ano vencendo o Aberto da Austrália e foi vice-campeão de Wimbledon e do US Open, outros dois torneios de Grand Slam nos quais teve bom desempenho. Para completar, foi vice-campeão da Copa Davis pela Sérvia e faturou sete títulos ao total na temporada.

Nadal, por sua vez, ganhou 10 torneios ao total em 2013 e se sagrou campeão do US Open e de Roland Garros, mas ficou fora do Aberto da Austrália, por ainda estar se recuperando de lesão no joelho, e foi surpreendentemente eliminado na estreia de Wimbledon. Para completar, caiu diante de Djokovic na decisão do ATP Finals, em Londres, palco da competição que reúne os melhores tenistas da temporada.

"É uma honra ser eleito campeão do mundo da ITF pelo terceiro ano seguido. Tive uma grande temporada em 2013 e consegui terminar o ano em alta. Isso definitivamente vai servir como uma boa plataforma para 2014", comemorou Djokovic.

A ITF esclarece que os torneios de Grand Slam, a Davis e a Fed Cup, essas últimas duas competições que têm a chancela da entidade, possuem peso especial para eleição dos melhores tenistas do ano. Inserida neste contexto, Serena, além de fechar 2013 como número 1 do ranking da WTA pela primeira vez desde 2009, obteve os títulos de Roland Garros e do US Open e exibiu números assombrosos no ano - ganhou 78 das 82 partidas de simples que disputou e acumulou 11 títulos, um recorde em uma só temporada na sua carreira.

Já os irmãos gêmeos norte-americanos Bob e Mike Bryan foram eleitos a melhor dupla de 2013 pela ITF, faturando a premiação pela décima vez em 11 anos, enquanto as italianas Sara Errani e Roberta Vinci conquistaram o prêmio de melhor parceria entre as mulheres.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?