Publicidade

17 de Janeiro de 2014 - 13:10

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O sérvio Novak Djokovic realizou uma ação bem humorada para demonstrar o calor extremo a que os jogadores estão sendo submetidos durante a disputa do Aberto da Austrália. Nesta sexta-feira, antes da sua partida contra o usbeque Denis Istomin, o número 2 do mundo publicou em seu perfil no Twitter a foto de um ovo sendo fritado em uma das quadras onde se realiza o torneio.

"Eu tenho o maior respeito e apreço por voluntários, crianças boleiras, os árbitros de linha e, claro, os fãs por lidarem com este calor nos últimos quatro dias. Isso mostra como está quente. Obrigado a todos por serem tão persistentes e apaixonados pelo nosso esporte", escreveu Djokovic.

O calor acima dos 40ºC atrapalhou jogadores, que chegaram a passar mal durante partidas do Aberto da Austrália. Inclusive, na quinta-feira, algumas partidas tiveram seu horário de início adiado por causa das altas temperaturas.

Se sofre com o calor, Djokovic não encontrou dificuldades para avançar às oitavas de final do Aberto da Austrália nesta sexta-feira. O número 2 do mundo derrotou Istomin por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/3 e 7/5. "Eu tenho que estar satisfeito, com o torneio progredindo, eu estou jogando cada vez melhor", disse.

"É importante não subestimar qualquer oponente. Ter o comportamento certo na quadra, ter a intensidade certa a partir do primeiro ponto para tentar mostrar ao seu oponente que você está lá para ganhar", completou.

Nas oitavas de final, Djokovic terá pela frente o italiano Fabio Fognini, contra quem está em vantagem de 6 a 0 no confronto direto. "Fabio é um amigo meu, nós crescemos juntos, somos da mesma geração. Eu o conheço muito bem, eu joguei com ele pela primeira vez quando tinha 13 , 14 anos, conhecemos bem o jogo um do outro. É a quarta rodada do Grand Slam, está ficando mais difícil , por isso não há jogo fácil", disse.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?