Publicidade

20 de Janeiro de 2014 - 15:01

Por José Maria Tomazela - Agencia Estado

Compartilhar
 

Doze empresas brasileiras e estrangeiras se habilitaram para apresentar estudos e anteprojetos para as duas primeiras Parcerias Público-Privadas (PPP) definidas pela atual administração de Sorocaba, a 92 km de São Paulo. Oito grupos concorrem à instalação e operação do Bus Rapid Transit (BRT), sistema de ônibus de alta capacidade, um projeto de R$ 200 milhões. Outras seis empresas se apresentaram para o projeto de um hospital de clínicas na cidade, orçado em R$ 250 milhões. O prazo para os estudos é de 60 dias no caso do hospital e de 105 dias para o sistema de transporte coletivo.

Os projetos fazem parte de um investimento de R$ 1 bilhão previsto pelo município em programas a serem desenvolvidos através de PPPs. As ações contemplam ainda em áreas de saneamento, educação, resíduos sólidos e iluminação pública. Por envolver parceria com o setor público, as obras serão objeto de licitação. O terreno para o hospital, que terá 200 leitos, já foi adquirido pela prefeitura na zona norte da cidade. Na primeira fase, o BRT terá 35 quilômetros de corredores. O projeto será financiado pelo governo federal. Para o prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), as parcerias com a iniciativa privada ampliam a capacidade de investimento do município.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que a realização de blitze seria a solução para fazer cumprir a lei que proíbe jogar lixo nas ruas?