Publicidade

12 de Dezembro de 2013 - 09:10

Por Laís Alegretti, Eduardo Cucolo e Ricardo Della Coletta - Agencia Estado

Compartilhar
 

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou, na quarta-feira, 11, que o freio nas concessões de crédito, aliado às turbulências internacionais provocadas pelo prolongamento da crise financeira nas economias desenvolvidas, que consequentemente compram menos produtos brasileiros, faz com que o País cresça com pernas "mancas".

"A economia brasileira está crescendo com duas pernas mancas", avaliou o ministro. "De um lado, financiamento ao consumo escasso e, de outro, a crise internacional, que rouba parte da capacidade de crescimento."

Mantega acrescentou que o crédito para consumo está escasso no Brasil, enquanto o crédito para investimento é abundante. "Acredito que hoje qualquer empresário consegue financiamento pra aquisição de máquina e equipamento."

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a economia brasileira registrou uma contração de 0,5% no terceiro trimestre deste ano em relação aos três meses anteriores. O desempenho foi fortemente influenciado pela queda nos investimentos e pelo baixo desempenho da indústria (0,1%).

A aposta do governo é estimular o investimento por meio da concessão de infraestrutura logística ao setor privado, como aeroportos e rodovias. Segundo Mantega, esse programa está despertando o "espírito animal" dos empresários. "Esse conjunto de concessões é um grande programa, que vai mudar a vida dos brasileiros, aumentar a produtividade, reduzir custos, reduzir gargalos e melhorar os serviços", disse o ministro, em apresentação no Encontro Nacional da Indústria (Enai), em Brasília.

Além dos investimentos, que, de acordo com Mantega, estariam capitaneando o crescimento da economia brasileira, haverá aumento do mercado consumidor, na avaliação do ministro. Ele citou que a expansão do consumo, que cresce a um ritmo de 5%, não é tão grande quanto no passado, mas é suficiente para movimentar a economia. "Devemos terminar o trimestre com boas vendas", disse.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?