Publicidade

11 de Março de 2014 - 06:47

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O promotor egípcio Tamer el-Firgani acusou neste domingo o ex-presidente Mohammed Morsi de ter repassado segredos de Estado à Guarda Revolucionária iraniana.

Trata-se da primeira acusação concreta sobre o tema contra Morsi, deposto em um golpe militar em julho do ano passado, desde o início de seu julgamento por espionagem.

Se for considerado culpado, Morsi poderá ser condenado à morte. Detido durante o golpe, Morsi passou a ser acusado na sequência por uma série de crimes pelas forças que o depuseram.

A próxima audiência está marcada para a quarta-feira. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?