Publicidade

14 de Janeiro de 2014 - 16:22

Por Wellington Bahnemann - Agencia Estado

Compartilhar
 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) determinou nesta terça-feira, 14, em despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU), que a Eletrobras devolva R$ 1,924 bilhão à conta do encargo setorial Reserva Global de Reversão (RGR). O ressarcimento se refere aos pagamentos de financiamentos concedidos a agentes com recursos da RGR que não foram transferidos à conta do encargo setorial, administrada pela holding federal.

No mesmo despacho, de autoria da Superintendência de Fiscalização Econômica e Financeira da Aneel, foi determinado que a Eletrobras também devolvesse outros R$ 113,5 milhões por causa da apropriação de encargos financeiros da RGR durante os anos de 1998 a 2011. Ambas as devolução serão atualizadas à taxa do fundo extramercado do Banco do Brasil, desde a data em que deveriam integrar às disponibilidades da RGR até a data da efetiva devolução ao fundo setorial.

Vale lembrar que a RGR é o encargo setorial destinado ao pagamento das indenizações do setor elétrico, como as concessões renovadas pela Medida Provisória (MP) 579. A Eletrobras administra o fundo setorial e empresta os recursos da RGR para as empresas do setor, dentre elas as suas próprias subsidiárias, para a realização de investimentos.

Procurada pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, a Eletrobras ainda não se posicionou sobre a devolução dos recursos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?