Publicidade

10 de Janeiro de 2014 - 05:33

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Ministério Público Federal dos Estados Unidos entrou com uma acusação nesta quinta-feira contra a vice-cônsul da Índia em Nova York, Devyani Khobragade. A diplomata é acusada de pagar um salário mínimo para uma empregada doméstica abaixo do estabelecido pela lei norte-americana.

Em uma carta à juíza distrital dos Estados Unidos, Shira Scheindlin, os promotores disseram quem um júri federal determinou que fosse feita uma acusação formal contra a diplomata indiana por apresentar visto falso e fazer declarações falsas.

Inicialmente, os promotores disseram ter prendido Khobragade enquanto ela tentava deixar os Estados Unidos nesta quinta-feira. Uma pessoa familiarizada com o assutno disse que a diplomara não embarcou no voo. O seu paradeiro ainda é desconhecido.

EM dezembro, Khobragade foi presa sob acusações de ter apresentado documentos falsos para obter um visto de trabalho para uma empregada doméstica em sua casa de Manhattan. Os promotores também disseram que a remuneração da funcionário não era de acordo com a lei. Khobragade negou todas as acusações.

A prisão da diplomata indiana causou um incidente diplomático entre os Estados Unidos e a Índia, obrigando o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, a lamentar a situação. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?