Publicidade

11 de Março de 2014 - 01:51

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Departamento de Estado dos EUA disse estar "profundamente decepcionado" com a decisão da Coreia do Norte de retirar pela segunda vez um convite a um enviado dos EUA para discutir a liberação de um empresário norte-americano preso.

A porta-voz do Departamento do Estado Jen Psaki pediu no domingo a imediata liberação de Kenneth Bae e disse que os EUA continuarão trabalhando ativamente para esse fim.

A decisão norte-coreana aparentemente veio em protesto aos exercícios militares conjuntos dos EUA com a Coreia do Sul, que Psaki disse não ter relação com o caso de Bae. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que a Justiça agiu corretamente ao permitir, por habeas-corpus, a soltura dos ativistas presos durante a Copa?