Publicidade

11 de Março de 2014 - 02:46

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta quarta-feira a legislação que suspende o teto da dívida até 15 de março de 2015 por 55 votos a 43, um dia depois de a Câmara ter aprovado o texto. O projeto foi enviado para a sanção do presidente Barack Obama.

A grande reviravolta no drama sobre o teto da dívida desta vez foi a decisão do presidente da Câmara dos EUA, o republicano John Boehner, de permitir um projeto "limpo" para aumentar o limite de endividamento, sem atrelar condições à proposta.

O Congresso entrará em recesso na próxima semana devido ao feriado do Dia do Presidente. Fonte: Market News International.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está fazendo pesquisa de preços para controlar o orçamento?