Publicidade

27 de Dezembro de 2013 - 19:22

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Um ex-prefeito chavista da cidade de El Vigía, no Estado venezuelano de Mérida, foi preso na noite de quinta-feira por suspeita de irregularidades durante o período em que ocupou o cargo, entre 2005 e 2009. O anúncio da detenção de Robert Ramos Castro foi divulgado hoje pela procuradoria-geral venezuelana.

Ramos Castro, eleito pelo Partido Comunista da Venezuela, é o segundo dirigente pró-governo preso sob suspeita de corrupção em menos de uma semana no âmbito de uma campanha de governo do presidente Nicolás Maduro. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?