Publicidade

30 de Dezembro de 2013 - 11:49

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A família de Michael Schumacher se pronunciou nesta segunda-feira após o grave acidente sofrido pelo ex-piloto de Fórmula 1 no último domingo, quando esquiava. Através da empresária Sabine Kehm, os parentes do alemão agradeceram o apoio recebido nas últimas horas, mas também pediu para que a privacidade seja respeitada neste momento.

"Queremos pedir que a imprensa respeite nossa esfera privada e de nossos amigos e agradecemos a todo apoio expressado", afirmou Kehm, revelando também que os familiares estão abalados com o acidente. "A família não está muito bem obviamente. Eles estão chocados", disse.

A empresária de Schumacher também elogiou o trabalho dos médicos do Centro Hospitalar Universitário de Grenoble, na França, onde o ex-piloto está internado. "Sabemos que estão fazendo todo o possível para atender Michael", afirmou.

Schumacher, de 44 anos, é casado com Corinna e tem dois filhos. No domingo, ele estava esquiano em Meribel, nos Alpes Franceses, quando caiu e bateu a cabeça em uma pedra, o que provocou lesões. Ele inicialmente foi levado para um hospital nas proximidades, em Moutiers, mas, em razão da gravidade do seu caso, acabou sendo transferido para Grenoble, onde foi operado. De acordo com os médicos, o estado de Schumacher, em coma, é "crítico" e o alemão luta pela vida.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?