Publicidade

31 de Dezembro de 2013 - 10:37

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Principal candidato ao título da chave de simples do Torneio de Brisbane, Roger Federer também decidiu se arriscar nas duplas e começou muito bem a sua participação na Austrália. Nesta terça-feira, o ex-número 1 do mundo avançou em parceria com o francês Nicolas Mahut ao superar o holandês Jean-Julien Roger e o romeno Horia Tecau por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 7/6 (7/5).

A vitória de Federer tem mais relevância porque Roger e Tecau formam a dupla cabeça de chave número 1 em Brisbane. Após o êxito nas duplas, o suíço volta a entrar em quadra nesta quarta-feira pela chave de simples. O número 6 do mundo vai estrear no torneio australiano diante do finlandês Jarkko Nieminen, 39º colocado no ranking da ATP.

Nesta terça, pela chave de simples, o espanhol Feliciano López, número 28 do mundo, bateu o casaque Mikhail Kukushkin, 67º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com um duplo 6/4. Seu próximo oponente será o australiano Lleyton Hewitt, que passou pelo compatriota Thanasi Kokkinakis (6/3 e 7/5).

Em duelo entre franceses, Jeremy Chardy, número 34 do mundo, derrotou Adrian Mannarino, 59º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 7/5. Agora, Chardy terá pela frente outro compatriota. Ele vai encarar Mahut, que derrotou o holandês Igor Sijsling (3/6, 6/4 e 6/4).

Com vitórias nesta terça, o romeno Marius Copil e o australiano Matthew Ebden serão os adversários de estreia do francês Gilles Simon e do japonês Kei Nishikori, respectivamente, no Torneio de Brisbane.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?