Publicidade

30 de Dezembro de 2013 - 15:31

Por Tiago Décimo - Agencia Estado

Compartilhar
 

Transformada em festival pela prefeitura, com quatro dias de programação musical, a comemoração de réveillon em Salvador começou na noite deste domingo, 29, levando 65 mil pessoas, segundo cálculo da Polícia Militar, à Praça Visconde de Cairu, entre o Mercado Modelo e o Elevador Lacerda - dois dos pontos turísticos mais conhecidos da cidade. O local substitui o Farol da Barra, tradicional ponto de celebração da virada do ano na capital baiana, que está interditado até o carnaval para a realização de obras.

A primeira noite contou com apresentações dos grupos Paralamas do Sucesso, Aviões do Forró, Ara Ketu e Filhos de Jorge e da cantora Ju Moraes. "Começamos o projeto com o pé direito", avalia o prefeito Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM), que ressaltou a ausência de registros policiais graves no evento. "Nos próximos anos, com a festa voltando ao Farol da Barra, queremos transformar o réveillon de Salvador no maior do Brasil."

As comemorações seguem até a noite de 1º de janeiro. No total, serão 18 shows de artistas como Daniela Mercury, Cláudia Leitte, Anitta, Nando Reis e Olodum. Segundo a prefeitura, os cachês dos músicos foram integralmente pagos pelas cotas de patrocínio vendidas a duas empresas de bebidas, num total de R$ 2,2 milhões.

Na noite da virada, estarão no palco Caetano Veloso, Gilberto Gil e Gal Costa. A chegada do ano novo será celebrada, no local, com a queima de 12 toneladas de fogos de artifício, em 15 minutos de show pirotécnico. São esperadas 400 mil pessoas para a festa.

O festival de réveillon de Salvador também está sendo usado como um laboratório para a atuação dos fiscais da prefeitura na verificação do trabalho dos vendedores ambulantes. Assim como será no carnaval, podem ser vendidas na área do evento apenas bebidas das empresas patrocinadoras. Segundo a administração municipal, 480 fiscais fazem as vistorias, em três turnos, e 280 ambulantes foram credenciados para a festa.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?