Publicidade

05 de Dezembro de 2013 - 15:19

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A Fifa confirmou nesta quinta-feira que a Copa do Mundo de 2014 terá aumento de 37% na premiação em comparação ao Mundial da África do Sul, de 2010. O valor passará de US$ 420 milhões, desembolsado pela entidade há três anos, para US$ 576 milhões (cerca de R$ 1,3 bilhão).

O campeão da Copa de 2014 embolsará US$ 35 milhões, US$ 5 milhões a mais do que a Espanha levou por ficar com a taça em 2010. No próximo ano, o vice ganhará US$ 25 milhões, enquanto o terceiro colocado vai receber US$ 22 milhões. O quarto terá US$ 20 milhões e as seleções quadrifinalistas levarão US$ 14 milhões.

As equipes que alcançarem as oitavas de final vão ficar com US$ 9 milhões cada, enquanto as eliminadas na fase de grupos terão direito a US$ 8 milhões. De acordo com a Fifa, serão US$ 358 milhões em premiação divididos entre os 32 participantes.

Além disso, as 32 seleções participantes do Mundial vão receber US$ 1,5 milhão cada para "cobrir custo de preparação". A Fifa reserva ainda US$ 70 milhões a serem direcionados, através das federações afiliadas, aos clubes que cederão jogadores à Copa. Por fim, US$ 100 milhões vão compor "o programa de proteção dos clubes", uma espécie de seguro para eventuais lesões de jogadores.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?