Publicidade

17 de Janeiro de 2014 - 14:58

Por Lauriberto Braga - Agencia Estado

Compartilhar
 

A Fifa e o Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo realizaram nesta sexta-feira uma visita de inspeção ao Castelão, em Fortaleza, um dos 12 palcos do torneio, e apontaram adequações estruturais que precisam ser feitas. As maiores preocupações dos 52 inspetores envolvem o estacionamento e também a transmissão dos jogos.

"Detectamos agora que precisamos melhorar a localização do estacionamento devido a obra do Centro de Formação Olímpica, que fica ao lado do Castelão. Temos que melhorar a transmissão para mais de duzentos países. E fizemos acertos de alguns detalhes das 19 áreas que incidem na operação para o dia do jogo", informou o gerente geral de integração operacional do COL, Tiago Paes.

Segundo ele, o "trabalho para esta operação é diário. Somente na Arena Castelão temos dez pessoas cuidando disso diariamente. Então isso é um trabalho de dia a dia, ombro a ombro, COL, Fifa e as secretarias da Copa. Então esta inspeção é apenas para uma evolução do trabalho que vem sendo executado dia a dia".

O chefe do Departamento de Operações da Copa 2014, Chris Unger, que coordenou a inspeção na Arena Castelão, afirmou que as alterações necessárias são apenas pontuais. "Estamos fazendo apenas uma revisão dos planos, pois na Copa das Confederações foi um teste para o nosso replanejamento. Mas agora para Copa do Mundo Fifa as demandas são diferentes. E aprendemos com as coisas do passado para acertar na Copa do Mundo. Mas não há revolução de planos, mas sim uma evolução dos planos".

O secretário especial estadual da Copa, Ferruccio Feitosa, reconheceu que ainda é preciso melhorar a estrutura de telefonia móvel. "Foi feito um grande investimento da iniciativa privada, onde mais de 200 antenas foram colocadas aqui mais a móveis, Melhorou, mas precisa melhorar ainda mais. Mas temos que pressionar o Governo Federal para que ele pressione as empresas do sistema de telefonia que melhore ainda mais. Porém se todo céu da Arena Castelão for dotado de antenas, ainda assim não daria para suprir as necessidades de vinda de 2 mil jornalistas para a cobertura, a transmissão via redes sociais".

De Fortaleza, a inspeção da Fifa de COL segue para Arena Pernambuco. Ainda neste mês a vistoria operacional será feita na Fonte Nova (Salvador), no Mineirão (Belo Horizonte) e no Estádio Nacional Mané Garrincha (Brasília).

O Castelão vai receber seis partidas na Copa do Mundo, sendo quatro da primeira fase, incluindo o duelo entre as seleções de Brasil e México, uma das oitavas de final e uma das quartas de final.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?