Publicidade

20 de Dezembro de 2013 - 17:10

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

No que depender de Martine Grael, a coleção de medalhas olímpicas da família pode chegar a oito em 2016. Filha de Torben, duas vezes campeão na Star, Martine Grael lidera o ranking mundial da 49erFX, classe que vai estrear nos Jogos Olímpicos. Ao lado de Kahena Kunze, ela conquistou o vice-campeonato no primeiro mundial da classe a abre o ciclo como favorita a uma medalha no Rio em 2016.

"O ano de 2013 foi excelente para nós de ponta a ponta. Abrimos com uma vitória no nosso primeiro evento em Miami (Copa do Mundo) e encerramos como vices no Mundial. Estou muito contente com a nossa evolução ao longo do ano, da nossa parceria que deu tão certo e de ter encontrado um técnico que a cada dia só tem nos acrescentado", elogia Kahena, em referência ao espanhol Javier Torres.

As brasileiras vão iniciar 2014 como líderes do ranking mundial e deverão ser as representantes do Brasil no Mundial de Santander (Espanha), que terá todas as classes olímpicas.

"Nossos planos para 2014 são bem positivos. Vai ser um ano muito forte para gente, acredito que o mais puxado do ciclo olímpico, com muito treino e competição. Estamos no preparando para começar o ano bem fisicamente e tecnicamente e isso nos deixa bastante otimistas porque estar bem preparada ajuda", contou Martine Grael, que agora vê o pai, Torben, ser o treinador-chefe da seleção brasileira de vela.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?