Publicidade

15 de Janeiro de 2014 - 16:31

Por Franca, SP - Agencia Estado

Compartilhar
 

Amigos e parentes acompanharam, na manhã desta quarta-feira, 15, o enterro da estudante Gessyca Cristina Morais, de 21 anos, filha do cantor sertanejo Giovani, da dupla Gian e Giovani. Ela morreu na madrugada de terça-feira, 14, após o carro em que estava com amigos capotar, em Osasco, na Grande São Paulo. O enterro foi no Cemitério da Saudade, no centro da cidade de Franca, interior de São Paulo.

O cantor Giovani chegou apenas no final do sepultamento. Muito emocionado, teve de ser amparado por familiares. Tanto ele quanto outros parentes não quiseram falar sobre o acidente e a morte de Gessyca. Ela cursava o segundo ano de Jornalismo. Ao contrário da família da estudante, alguns artistas comentaram sobre o acidente.

"Conhecia muito ela, sou amigo do Giovani e da família dela, realmente é algo muito triste", disse o cantor Rionegro, da dupla Rionegro e Solimões. "Perder alguém querido de um dia para outro não é fácil", completou.

Usando as redes sociais, a dupla Gian e Giovani agradeceu o apoio de amigos e fãs e pediu privacidade neste momento. "Giovani e sua família gostariam de agradecer a todos pela solidariedade, simpatia, força, mensagens de carinho, amor, fé e esperança", diz a mensagem.

Gessyca estava em um Honda Civic que seguia por uma das principais avenidas de Osasco quando capotou. O veículo era dirigido por Pierluigi Patroni Valentim Cruz, de 22 anos, que morreu no local. Já Gessyca chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu no hospital. Também no carro no momento do acidente estava o primo de Gessyca, Felipe Morais, que teve várias fraturas e continua internado. Até ontem, seu estavo era considerado grave.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?