Publicidade

08 de Janeiro de 2014 - 18:01

Por Márcio Dolzan - Agencia Estado

Compartilhar
 

Último dos quatro grandes clubes do Rio a retornar das férias, o Flamengo se reapresentou na tarde desta quarta-feira no CT Ninho do Urubu, onde a equipe irá realizar a pré-temporada. Os primeiros treinos no campo estão marcados para acontecer na sexta - até lá, o elenco de 31 jogadores passará por uma série de exames.

O grupo que se reapresentou teve poucas novidades. O destaque acabou ficando para a apresentação oficial do meia Everton, que chega depois de boa passagem pelo Atlético-PR. O jogador volta ao clube em que foi campeão brasileiro de 2009. "Estou mais maduro. Em 2009 eu cheguei muito novo, era um time que eu sonhava jogar. Agora eu volto e encontro um grupo muito bom, de qualidade, que também foi campeão", afirmou o reforço.

O Flamengo ainda espera para os próximos dias a chegada do jovem volante Feijão, do Bahia. O empréstimo do meia Elano, do Grêmio, também está próximo de ser anunciado, mas ainda faltam alguns detalhes para o negócio ser concretizado.

De acordo com o vice-presidente de futebol do Flamengo, Wallim Vasconcellos, o clube está em busca de pelo menos quatro reforços. "Temos algumas coisas que estamos tentando, principalmente no meio e no ataque, por causa da saída do Moreno", destacou.

Wallim disse ainda que tem "uma ponta de esperança" de contar com o volante Elias, que voltou ao Sporting Lisboa, de Portugal. "Enquanto ele não assinar com outro clube, temos esperança. Mas a diferença do que eles pedem e a nossa proposta é muito grande. Hoje eu diria que a negociação está paralisada", afirmou o dirigente. "A gente só vai trazer quem a gente conseguir pagar."

O volante Luiz Antônio, que tenta se desvincular do clube na Justiça, não se reapresentou. "O que posso dizer é que ele está sendo muito mal assessorado, e vai perceber que entrou numa furada", comentou Wallim. Uma audiência na Justiça do Trabalho, que definirá a situação do jogador, está marcada para o próximo dia 15.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?