Publicidade

09 de Dezembro de 2013 - 16:25

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Assim como fez o Vasco, o Fluminense evitou um possível contato com torcedores em desembarque no Rio após amargar o seu rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A delegação tricolor desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim na tarde desta segunda-feira e o clube preparou um esquema especial para apanhar jogadores, membros da comissão técnica e dirigentes na pista de pouso do local.

Vans aguardavam os atletas na pista, apesar do fato de que no saguão de desembarque do aeroporto não foram vistos torcedores do clube e nem protestos pelo rebaixamento, ocorrido mesmo após a vitória por 2 a 1 sobre o Bahia, no último domingo, na Fonte Nova, em Salvador, pela rodada final do Brasileirão.

Apesar do esquema montado para receber os jogadores na pista do aeroporto, seguranças foram destacados pelo Fluminense para ficar no saguão de desembarque, sendo que alguns atletas chegaram mais cedo ao Rio, como o zagueiro Gum e o atacante Biro Biro, que desembarcaram já pela manhã.

Já o atacante Fred, que esteve na Fonte Nova para ver o jogo diante do Bahia, mesmo estando lesionado e sem poder atuar, seguiu direto da capital baiana para Belo Horizonte, onde foi encontrar seus familiares neste início das suas férias.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?