Publicidade

07 de Dezembro de 2013 - 00:38

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Em situação complicadíssima na classificação, o Fluminense já começa a se planejar para um possível rebaixamento na última rodada do Brasileiro. Na tarde desta sexta-feira, o clube emitiu um comunicado informando que não abrirá sua sede no domingo a fim de "resguardar a integridade física de todos".

A diretoria do Fluminense teme que uma queda à Série B, no domingo, provoque a revolta de parte da torcida e isso se reverta em depredação do patrimônio.

Precisando vencer o Bahia e dependendo de tropeços de Vasco e Coritiba para se manter na elite, o Fluminense chegou a Salvador na madrugada de sexta-feira e, no fim da tarde, treinou no Barradão. Sem saber ainda se poderá contar com o volante Rafinha, que se recupera de contusão, o técnico Dorival Júnior manteve a dúvida sobre a formação da equipe.

O jogo com o Bahia na Arena Fonte Nova terá casa cheia. Até a tarde de sexta-feira, 37 mil ingressos já haviam sido comercializados. Ou seja, mais uma complicação para a vida do Fluminense.

Fora de campo, o atacante Rhayner foi informado pelo clube que não terá seu contrato de empréstimo renovado para 2014. Ele nem sequer viajou com o grupo para Salvador.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?