Publicidade

11 de Março de 2014 - 00:10

Por Reginaldo Pupo - Agencia Estado

Compartilhar
 

Turistas que costumam frequentar a Praia de Castelhanos, uma das mais procuradas de Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, poderão pagar até R$ 80,00 para chegar de carro ao local. A cobrança está prevista na minuta final de uma portaria normativa da Fundação Florestal (FF), que administra o Parque Estadual de Ilhabela. A proposta foi condenada pelo prefeito Antonio Luiz Colucci (PPS), que afirmou que a medida pode espantar os turistas do arquipélago.

De acordo com a proposta, que também afetará os jipes que realizam passeios com turistas até a praia, carros com placa de Ilhabela passarão a pagar R$ 24,00. Já os jipes credenciados R$ 10 por passageiro. Até mesmo pedestres deverão pagar o "pedágio" para utilizar a Estrada Parque dos Castelhanos: R$ 3,00 para moradores de Ilhabela e R$ 10,00 para turistas. Centenas de caiçaras tradicionais residem na Baía de Castelhanos e poderão ter que pagar para chegar às suas casas. O acesso à praia é feito por meio da Estrada Parque, mas Castelhanos não está inserida dentro do Parque Estadual.

"A maioria dos turistas utiliza a estrada para ter acesso à Praia dos Castelhanos e não para visitação ao parque", frisou o prefeito, que pretende municipalizar o Parque. "Se o Estado está com dificuldade de administrar, vamos municipalizar o Parque. Com essas medidas estão prejudicando o desenvolvimento do turismo em nossa cidade. Querem cobrar visitação ao parque e não um pedágio de uso da estrada. Se for preciso assumimos tudo."

Colucci destacou que a prefeitura já vem realizando melhorias na Estrada Parque, que são responsabilidade do Estado. "Quando assumimos a administra, em 2009, nem trator de esteira chegava, a comunidade dos Castelhanos estava abandonada, só conseguia vir para o centro pelo mar."

Segundo ele, duas pontes ao longo da estrada foram recuperadas, além de diversas passagens de água, canaletas de drenagem, mais de 100 bueiros e linhas de tubo e seis muros de arrimo em encostas. "Isso mudou totalmente as condições de tráfego na estrada", completa. Segundo ele, os investimentos municipais na Estrada Parque já somam R$ 4,3 milhões.

Procurada, a Fundação Florestal não retornou aos questionamentos da reportagem.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?