Publicidade

15 de Dezembro de 2013 - 17:46

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A Faixa de Gaza recebeu o primeiro embarque de combustível industrial em 45 dias neste domingo. A chegada do combustível representou alívio após uma nevasca de intensidade rara ter atingido Jerusalém e parte da Cisjordânia ocupada.

A nevasca, que começou na quarta-feira e foi descrita pelas autoridades como a pior em décadas, paralisou a cidade de Jerusalém e deixou milhares de pessoas sem energia em Israel e na vizinha Cisjordânia.

A falta de combustível dificultou os trabalhos de resgate em Gaza, onde a estimativa de autoridades do Hamas é de que 40 mil pessoas ficaram desabrigadas em decorrência de enchentes torrenciais.

Gaza vem sofrendo de desabastecimento crônico de combustível desde que o grupo militar do Hamas tomou o poder em 2007, levando Israel e o Egito a impor barreiras no território.

Autoridades palestinas de fronteira disseram que o embarque de combustível neste domingo foi pago pelo Qatar, país rico em petróleo e aliado do Hamas no passado.

A tempestade de neve atingiu Gaza em um momento difícil. A falta recorrente de energia levou à suspensão da maioria dos programa de saúde e serviços.

Apesar do bloqueio, Israel enviou à região diesel para aquecimento durante o fim de semana e quatro caminhões de água como gesto humanitário.

Em Israel, que também foi atingida pela nevasca, cerca de 14 mil residências continuam sem eletricidade, segundo informou a Companhia Elétrica de Israel.

No final da tarde de domingo, o governo informou que abriu duas principais estradas que ligam Israel a outras cidades, e que o limitado serviço de ônibus dentro da cidade foi restaurado. Autoridades pediram aos motoristas para permanecerem fora das estradas e manter a cautela máxima.

A polícia israelense informou que quatro cidadãos morreram em acidentes relacionados com a nevasca. Escolas foram fechadas em Jerusalém e Cisjordânia.

Na vizinha Jordânia, o rei Abdullah II causou surpresa ao aparecer para ajudar a tirar um carro da neve neste domingo. O rei mandou para seu SUV preto para ajudar um motorista, chocando seus seguranças, que se esforçaram para manter os curiosos longe do rei.

Um vídeo amador postado na internet mostra uma multidão encorajando Abdullah, que usava botas e um lenço xadrez de vermelho e branco. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?