Publicidade

08 de Dezembro de 2013 - 20:55

Por Mônica Reolom - Agencia Estado

Compartilhar
 

Embora a situação nos aeroportos estivesse mais calma ontem, os passageiros ainda enfrentaram atrasos e cancelamentos. A Gol, que respondeu por 75% dos voos com problemas anteontem, divulgou uma nota informando que o índice de atrasos não deveria passar dos 25%. Às 17h, no entanto, 137, ou 26,5%, dos 517 voos previstos pela companhia tinham atrasos, de acordo com a Infraero.

A companhia espera normalizar as operações até a manhã desta segunda-feira, 09. Os problemas, segundo a Gol, começaram na noite de quinta-feira, quando fortes chuvas acometeram Rio e São Paulo. A falta de condições para pousos e decolagens fez algumas tripulações alcançarem o limite máximo de horas de trabalho, impossibilitando-as de continuar voando.

Os atrasos provocaram um efeito dominó. Com a diminuição de funcionários disponíveis, porque a companhia teve de respeitar os limites legais da carga horária da categoria, os aviões ficaram retidos no solo.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?