Publicidade

06 de Dezembro de 2013 - 08:58

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O governo da Grécia está tentando fechar um acordo de última hora com seus credores internacionais numa tentativa de conseguir o quanto antes a liberação de um empréstimo de 1 bilhão de euros retido desde julho, afirmou uma graduada fonte europeia com conhecimento do assunto.

Como a única condição pendente para a aprovação do empréstimo é a reestruturação do Sistema de Defesa Helênico (EAS, na sigla em grego), Atenas fará o possível para chegar a um acordo com a troica - formada pelo Banco Central Europeu (BCE), Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional (FMI) - durante o fim de semana, segundo a fonte.

"Gostaríamos de ter um acordo pronto para a (reunião do) Eurogrupo na segunda-feira, para que os ministros de Finanças discutam a liberação do 1 bilhão de euros, se possível. Mas, de qualquer forma, nosso objetivo é liberar (o empréstimo) até a cúpula da União Europeia, no dia 19", disse a fonte.

Nos últimos meses, a Grécia tem resistido a fechar o EAS ou reduzi-la drasticamente, como exigido pela troica.

Duas outras autoridades europeias disseram não acreditar que haverá problemas na liberação do empréstimo até o fim de dezembro, mas lembraram que o fato de o relatório de avaliação de setembro continuar inconcluso impede a aprovação da próxima tranche referente a 2013, no valor de 4,9 bilhões de euros. A princípio, essa última tranche deveria ser discutida na reunião que o Eurogrupo fará na próxima semana. Fonte: Market News International.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?