Publicidade

11 de Março de 2014 - 03:26

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A cidade de Guayaquil foi oficialmente confirmada, nesta quinta-feira, como palco do confronto em que o Brasil irá enfrentar o Equador, entre 4 e 6 de abril, pelo Zonal Americano da Copa Davis. A melhor de cinco jogos entre os dois países será em piso de saibro, no Guayaquil Tennis Club.

Apesar de a cidade escolhida ficar ao nível do mar, e portanto sem a temida altitude de outros locais do Equador, o capitão brasileiro na Davis, João Zwetsch, evitou comemorar o fato. "Era esperado sim (que o duelo fosse em Guayaquil). Eles (equatorianos) vão querer jogar num lugar quente e lento, pois sabem que nossos jogadores em geral gostam de lugares onde o jogo é um pouco mais rápido", disse.

Anteriormente, os equatorianos já haviam derrotado a Venezuela justamente em Guayaquil na primeira rodada do Zonal Americano da Davis, na qual o Equador já pegou o Brasil em sete oportunidades. Os brasileiros levam vantagem no retrospecto geral, com quatro vitórias e três derrotas, mas levou a pior no último embate entre as nações, atuando em casa, em Porto Alegre, no playoff do Grupo Mundial de 2009.

Disposto a fazer o Brasil dar o troco no rival, João Zwetsch também avisou que irá esperar o fim da série de torneios da ATP que serão realizados em solo nacional para depois convocar, até o dia 25 de março, os tenistas que defenderão o País diante dos equatorianos. Esta data é o prazo final da Federação Internacional de Tênis (ITF) para a confirmação dos jogadores. "As condições e o local sempre fazem a diferença. Vou esperar esses próximos torneios para definir a equipe", afirmou o capitão brasileiro.

Dois eventos do circuito profissionais serão realizados no País nos próximos dias de fevereiro. O primeiro deles será o Rio Open, com status de ATP 500, a partir da próxima segunda-feira. Já o Brasil Open, ATP 250 disputado em São Paulo, começará no dia 24. Ambos serão em piso de saibro, sendo o segundo deles em quadra coberta.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da adoção de medidas, como tarifas diferenciadas e descontos, para estimular a redução do consumo de água?