Publicidade

19 de Dezembro de 2013 - 12:19

Por Idiana Tomazelli - Agencia Estado

Compartilhar
 

O grupo Alimentação e Bebidas desacelerou na passagem do mês, segundo os dados apurados no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15). Em dezembro, o grupo registrou alta de 0,59%, contra elevação de 0,84% em novembro. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o arrefecimento dos preços de vários alimentos contribuiu para essa desaceleração, com destaque para o feijão carioca (-8,83%) e para o óleo de soja (-1,42%). O principal impacto negativo veio do leite longa vida, que teve queda de 2,84% e contribuiu com -0,03 ponto porcentual no índice.

Apesar disso, o IPCA-15 de dezembro fechou em alta de 0,75%. O resultado mostra que a inflação ganhou força no último mês do ano, ante a taxa de 0,57% no IPCA-15 de novembro. No ano, a alimentação fechou em alta de 8,50%, acima dos 5,85% apontados na taxa geral do IPCA-15 de 2013. Alguns itens se destacaram no campo positivo, como o leite longa vida (21,69% no ano), pão francês (15,04%), lanche (12,69%) e refeição fora de casa (9,19%). Na contramão, alguns produtos encerraram 2013 em queda, como o óleo de soja (-18,11%), o feijão carioca (-12,07%), o açúcar refinado (-14,60%) e o arroz (-5,40%).

Os preços da gasolina subiram 2,15% no IPCA-15 de dezembro, contribuindo com 0,08 ponto porcentual para a aceleração do indicador. Nesta manhã, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o IPCA-15 de dezembro ficou em 0,75%, depois de subir 0,57% em novembro.

As passagens aéreas também exerceram forte pressão sobre a inflação, com alta de 20,15% e um impacto de 0,11 ponto porcentual. Juntos, os dois itens responderam por um quarto da inflação ao consumidor, apontou o IBGE. Com isso, o grupo Transporte foi para 1,17%, após ter ficado em 0,39% no IPCA-15 de novembro. Apesar disso, o grupo fechou o ano com alta de 2,65%.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?