Publicidade

09 de Janeiro de 2014 - 11:49

Por Daniela Amorim - Agencia Estado

Compartilhar
 

A redução nos preços do café arábica está fazendo os produtores reduzirem a área plantada. Como resultado, a cultura deve inverter o ciclo de alternância de alta e baixa na produção, informou nesta quinta-feira, 9, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

"Para o café, os preços não estão muito atrativos. As informações estão indicando para o café arábica uma redução de área. Mas 2014 seria ano de safra cheia. Nos anos pares, o café costuma ter safra maior, mas estamos informando uma produção menor, por causa da redução na área do café arábica", explicou Mauro Andreazzi, gerente da Coordenação de Agropecuária do IBGE.

O café arábica, que responde por aproximadamente 75,5% da safra nacional do grão, deve ter uma queda de 1,9% na produção deste ano, em relação a 2013. A expectativa é de uma safra de 2,227 milhões de toneladas, o que equivale a 37,1 milhões de sacas de 60 quilos. Em 2013, que foi ano de baixa na produção, a safra totalizou 2,270 milhões de toneladas, ou 37,8 milhões de sacas.

Segundo o IBGE, a alternância de altas e baixas nas safras (bienalidade do café) foi observada sem interrupções de 1992 até 2013: os anos pares foram de safra cheia, e os ímpares de safra curta. Se a previsão para 2014 for confirmada, a queda na produção será causada por um recuo de 4,4% na área total ocupada com café arábica e queda de 3,2% da área destinada à colheita, em decorrência da crise de preços no mercado internacional, que se agravou a partir de novembro de 2012 e persistiu até o fim de 2013.

Em compensação, o café canephora (robusta) deve registrar um aumento de 11,6% na produção em 2014, totalizando 722,863 mil toneladas, ou 12,0 milhões de sacas. A estimativa para a área a ser colhida é de 464.321 hectares. Somando as duas espécies, a safra nacional de café a ser colhida em 2014 será de 2,950 milhões de toneladas, o equivalente a 49,2 milhões de sacas, um aumento de 1,1% em relação à safra de 2013.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?