Publicidade

02 de Janeiro de 2014 - 13:19

Por Eduardo Cucolo - Agencia Estado

Compartilhar
 

Os preços dos produtos básicos que mais afetam a inflação no Brasil subiram em dezembro pelo segundo mês seguido, de acordo com o Banco Central. A inflação do segmento de commodities medida pelo Índice de Commodities do Banco Central (IC-Br) ficou em 2,49% no mês passado na comparação com novembro. No mês anterior, houve alta de 2,73% ante outubro.

O índice passou de 138,24 pontos em novembro para 141,69 pontos em dezembro, maior patamar desde agosto de 2013 (142,27 pontos).

O indicador do BC acumulou alta de 3,12% em 2013 em relação ao final de 2012. O IC-Br teve queda acumulada de 8% nos quatro primeiros meses do ano, mas subiu 12,4% nos quatro meses seguintes. Depois, registrou quedas em setembro (-2,82) e outubro (-2,67%), seguidas pelas altas de novembro e dezembro.

Em termos de comparação, o BC registra que o indicador internacional CRB subiu 2,40% no mês e 6,97% em 2013.

No mês passado, houve alta de preços no segmento agropecuário. Itens como carne de boi, óleo de soja, trigo, açúcar, milho, café, arroz e carne de porco, entre outros, subiram 1,53% ante novembro. No ano, a alta foi de 0,23%.

O preço de metais, entre eles alumínio e minério de ferro, teve aumento de 3,31% no mês e de 4,88% no ano.

O grupo energia registrou inflação de 6,10% na comparação mensal e 14,7% na anual. Nesse segmento, estão incluídos preços de petróleo, gás natural e carvão.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?