Publicidade

16 de Dezembro de 2013 - 09:52

Por Idiana Tomazelli - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) registrou recuo de 0,1% em novembro sobre outubro, segundo dados com ajuste sazonal. "O resultado consolida a recuperação da forte queda pontual de julho passado, mas é ainda insuficiente para apontar um período de aceleração de contratações de mão de obra na economia brasileira", informa o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), em nota, nesta segunda-feira, 16.

Para chegar a esse resultado, os componentes do IAEmp que mais influenciaram foram o indicador da Sondagem da Indústria que mede as expectativas dos empresários em relação à evolução do ambiente dos negócios, que recuou 2,9%, e o ímpeto de contratações de mão de obra, que subiu 2,2%. Com as principais influências puxando uma para cada lado, a FGV destacou que o resultado significa leve piora em relação ao mês anterior.

O IAEmp é formado por uma combinação de séries extraídas das Sondagens da Indústria, de Serviços e do Consumidor, todas apuradas pela FGV. O objetivo é antecipar os rumos do mercado de trabalho no País.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?